Pagamento online, transferência bancária ou cartão de refeições. Compre já e agende para quando quiser.

ERROS FREQUENTES NA DIETA VEGETARIANA

Assumir que os alimentos de origem vegetal são sempre saudáveis

Muitos alimentos de origem vegetal podem ser extremamente nocivos: como os açúcares, as farinhas refinadas e os alimentos processados no geral. Embora estatisticamente inferior à população omnívora, a comunidade vegetariana tem uma incidência significativa de Diabetes Tipo 2, obesidade e doenças cardiovasculares - problemas associados quase exclusivamente a maus hábitos alimentares.

Considerar o leite e ovos como parte da dieta vegetariana

Além de terem uma matriz bioquímica bastante semelhante à carne, a produção de derivados é, por vezes, muito mais cruel que a produção da carne em si. Os animais que dão leite e ovos são explorados durante muito mais tempo e mantidos sob condições muito piores que os animais para abate. E para os que acham que o consumo de derivados não envolve a morte do animal fica a questão: que é feito dos macho ou da fêmea que deixa de produir?

Ignorar a composição nutricional dos alimentos                 

Embora rica em macronutrientes (hidratos de carbono, proteínas e gorduras), a distribuição heterogénea de micronutrientes nos alimentos de origem vegetal pode levar a algumas carências, típicas de dietas monótonas, nomeadamente: alguns aminoácidos essenciais; ómega-3; vitaminas; e minerais. Assim, é importante diversificar a alimentação para que os pontos fortes de uns alimentos compensem as falhas dos outros.

Não fazer suplementação B12

A principal fonte desta vitamina são os produtos de origem animal pelo que é recomendável fazer-se uma suplementação sob indicação médica. Tecnicamente, pode ser produzida no nosso intestino por bactérias e por algumas algas e leveduras embora a sua biodisponibilidade seja limitada. Caso opte por uma fonte alternativa desta vitamina é recomendável que o faça sob acompanhamento clínico periódico, até que os seus níveis sanguíneos estabilizem.